RECUPERE O DINHEIRO DA SUA EMPRESA

Desde março de 2017 o ICMS não pode ser utilizado na base de cálculo do PIS/COFINS para empresas que estão enquadradas no Lucro Real ou Presumido. O mesmo se aplica para o ISS.

Criamos um E-book GRÁTIS para você entender como recuperar esses tributos cobrados indevidamente da sua empresa.

Faça o download aqui! 👇

Como funciona?

Nos contate

Nos mande uma mensagem e um de nossos consultores entrará em contato para explicar como conseguir seu dinheiro de volta e proteger sua empresa.

Processe

Nossa equipe irá mapear sua empresa e os melhores advogados irão recorrer à Justiça para recuperar seu dinheiro. Você pode deixar de pagar os impostos antes mesmo da Sentença.

Receba

Você não somente deixa de pagar os impostos indevidos, como recebe o que pagou dos últimos cinco anos para investir no seu negócio.

O QUE É?

Você que é empresário no Lucro Presumido ou Lucro Real pode estar desperdiçando rios de dinheiro

O STF, desde 2015, já decidiu que é ilegal que o ICMS componha a base de cálculo do PIS/PASEP e do COFINS, que incidem sobre o faturamento da empresa, fazendo com que o empreendedor sofra um grande ônus. O prestador de serviços também sofre com a inclusão do ISS na base de cálculo da PIS/PASEP e da COFINS. 

 

Você pode recuperar até os últimos cinco anos de imposto pago!
E o melhor de tudo: você numa mais irá pagar essa porcentagem!

 

Contate um de nossos consultores ou tire as dúvidas aqui no site.

RECUPERE AGORA SEUS IMPOSTOS

Que pagamos muitos impostos e taxas, isso todo já sabe. Mas que o Estado cobra tributos ilegalmente parece ser novidade para muitos. Há diversas teses que podem se aplicar à sua empresa e você não pode ficar parado.

 

Quanto menos dinheiro na mão do Estado, mais dinheiro para você investir no crescimento do seu negócio. 

A equipe da C&M Law possui as melhores ferramentas e os melhores especialistas para analisar onde a sua empresa está perdendo dinheiro. Você pode estar pagando indevidamente desde a sua conta de luz até o que a sua empresa fatura. 

Não perca tempo e nos deixe correr atrás dos seus direitos, Iremos lutar para que você deixe de pagar impostos antes mesmo da Sentença. E ao final, você poderá receber o que foi pago indevidamente de volta para investir na sua empresa e nunca mais pagar além do que deve.

FAQ

Ainda com dúvida? Preparamos uma série de pergunta frequentes pra te ajudar a entender um pouco mais.

Q: O que é essa tal repetição de indébito?
A: Repetição de indébito é o nome de uma ação contra o Estado onde o indivíduo re-quer a restituição de um valor que pagou a mais para o Estado.

Q: Como eu posso saber se eu tenho direito?
A: Somente com uma análise do que você pagou de tributos é possível saber se você tem direito e quanto poderá restituir.

 

Q: E essa restituição vem corrigida?
A: Vem corrigida pela taxa SELIC a partir da data do pagamento, porém, os juros só incidem a partir da sentença.

 

Q: Por que eu deveria pedir restituição de indébito?
A: Porque é um dinheiro cobrado ilegalmente do seu bolso, prejudicando você e sua empresa. Além disso, quando comprovado que a operação é ilegal, você nunca mais irá pagar o mesmo tributo, gerando um economia para seus negócios.

 

Q: O que é esse tal de PIS/PASEP e COFINS?
A: São duas contribuições que são calculadas a partir de seu faturamento, ou seja, o Estado toma uma porcentagem de tudo aquilo que entra em seu caixa, antes mesmo de pagar funcionário, contas, contratos e boletos. 

 

Q: E o que o Estado cobra a mais no PIS/PASEP e COFINS?
A: Já está pacificado no STF que o Estado cobra ilegalmente o valor recolhido de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Quem fatura ICMS é o Estado, não o empreendedor. 

 

Q: Quais são os riscos?
A: Toda ação judicial tem um risco. Porém, essa tese já foi acolhida pelo STF, ou seja, não há mais como modificar a decisão de restituir o valor do ICMS da base do PIS/PASEP e da COFINS. 

 

Q: E o quanto eu posso restituir?
A: Você pode restituir até os últimos cinco anos do pago a título de PIS/PASEP e CO-FINS. E o melhor: você nunca mais irá pagar o ICMS na base do PIS/COFINS. 

 

Q: E quanto custa?
A: O valor a ser cobrado é baseado em uma porcentagem da restituição e da economia dos próximos 5 anos que você terá.

Fale com nossos consultores pelo
WhatsApp ou pelas nossas redes sociais
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram

MARQUEI​

CNPJ nº.: 34.924.976/0001-72

CONTATO

(11) 99599-9820

(62) 98110-7572

contato@marquei.me

©2020 by Marquei.

Todos os direitos reservados